04 Aplicações da Arquitetura UX

04 Aplicações da Arquitetura UX

Vamos do princípio. Afinal, o que é Arquitetura UX? Arquitetura UX é todo e qualquer projeto pensado e desenvolvido com foco na experiência do usuário. E a experiência do consumidor é o que a arquitetura de varejo mais precisa nesse momento.

Primeiro promova a emoção do cliente e depois promova o seu produto

Mais do que um lugar apenas para comprar determinado produto, as pessoas querem entrar num ambiente atrativo, impactante, que ative seus sentidos, que proporcione diversão e que promova primeiro a sua emoção antes de promover o produto em si.

Nike

A Nike é um ótimo exemplo no uso da Arquitetura UX. Mais do que um lugar para experimentar tênis e equipamentos esportivos, a flagship store da marca é praticamente um parque, com campo de futebol, quadra de basquete e esteiras, para que as pessoas possam experimentar a marca e se relacionar com ela (retirei comprar, porque eles não visam a venda). E mesmo que você não queira comprar nada, haverá um estilista ou um educador físico para ajudá-lo. Ótimo exemplo de design estratégico de varejo.

“Este é o futuro do varejo”, disse Heidi O’Neill, presidente do departamento de relações com o consumidor da Nike, à MarketWatch.

Experiência e relacionamento com a marca

Lojas on-line limitam a experiência humana
Rafael Cordeiro, diretor de comunicação e marketing na Enox, diz que “o maior diferencial competitivo das lojas físicas é a oportunidade de criar experiências sensoriais e emotivas que façam os clientes retornarem para vivenciar a mesma sensação e recompensa, muitas vezes impossível de serem reproduzidas no ambiente on-line.”

Arquitetura UX: tendência
E foi exatamente isso que o Alexandre Mussnich, diretor da Planobase Lubianca, ouviu na NRF Retail’s BIG Show 2017.

“Reinventar o espaço físico das lojas é uma das tendências do futuro. As lojas devem oferecer novas experiências, voltadas para interação, engajamento e diversão.”

O cliente quer ser feliz

Resumindo: o aumento das vendas é proporcional à felicidade do cliente! E nada melhor do que um ambiente projetado com inteligência para transformar esse conceito em realidade.

Cases

Para mostrar a aplicação da Arquitetura UX na prática, fizemos uma seleção de 04 projetos de arquitetura comercial e arquitetura de varejo desenvolvidos pela Planobase Lubianca que promovem a experiência do consumidor no ponto de venda dos nossos clientes.

1. HiperZoo (Curitiba/PR)

Proximidade com o Pet

Valorização do vínculo e da experiência das pessoas com seus animais. Essa ideia foi traduzida já na entrada da Hiper ZOO: um grande espaço de pé direito duplo que permite ter uma visão ampla da loja e onde é possível contemplar aves, peixes e uma grande cascata central. Além disso, foi desenvolvido o ambiente Pet Wash (foto), onde os próprios donos podem lavar os seus pets, promovendo uma experiência afetuosa e divertida.

2. Boteco do Natalício (Porto Alegre/RS)

boteco natalicio

Bom humor, boa comida, chopp e descontração. Essas foram as metas de experiência do projeto. O objetivo foi alcançado com um projeto luminotécnico que cria uma atmosfera quente e agradável, além da colocação de janelas e portas antigas e a aplicação das tradicionais placas com frases da cultura popular nas paredes.

3. Teatro Bradesco – Shopping Village Mall (Rio de Janeiro/RJ)

teatro2

Um dos teatros mais modernos do Brasil, o Teatro Bradesco do Village Mall foi desenhado para promover experiência de conforto e segurança para público e artistas. A Planobase Lubianca desenvolveu, em parceria com a Solé Associados, o projeto de sinalização dos ambientes, com ênfase em acessibilidade e uso da tecnologia. Além da sinalização em braile, todas as áreas são marcadas com instrumentos retroiluminados em led, que permitem a leitura no escuro e que os frequentadores se localizem com agilidade e precisão.

4. Cameron (Porto Alegre/RS)

cameron

O projeto de padronização da Cameron Megastore seguiu o astral da marca, com o objetivo de promover essa energia aos consumidores. Com visual bastante colorido, o ambiente da loja foi setorizado, com conexão entre os produtos e os espaços exclusivos de experiência, como área infantil, store in store de games e cafeteria. O interior da loja ficou também com uma distribuição estratégica de lounges que facilitam a consulta e proporcionam conforto e inovação ao cliente.